Uniform sobre o Peninsula Place, de Calatrava

Como a Uniform utilizou V-ray e VR para visualizar o novo desenvolvimento mais promissor de Londres


Quando o arquiteto de renome mundial Santiago Calatrava pediu à Uniform, uma empresa de visualização e design arquitetónico situada em Liverpool, para criar as imagens do Peninsula Place, foi algo de uma grande importância. “O nosso trabalho foi criar o primeiro lançamento para o público e para a imprensa”, diz Nick Bentley, fundador e diretor criativo da Uniform. “Essencialmente, coube-nos a nós a responsabilidade de ajudar Calatrava a lançar o seu primeiro grande projeto em londres ao mundo.


"coube-nos a nós a responsabilidade de ajudar Calatrava a lançar o seu primeiro grande projeto em londres ao mundo."
-Nick Bentley, Uniform

Sentado no coração da capital outrora estéril Península de Greenwich, o Peninsula Place é dominado por três torres inclinadas. Ao nível da rua, as icónicas estruturas esculturais e curvas de Calatrava formam paredes de lojas, e uma ponte através de uma floresta urbana. “Foi-nos solicitado a criação de imagens dinâmicas e envolventes, e sequências CG animadas para um filme”, explica Nick.


Exploração do espaço: descobrir as melhores vistas


“Calatrava e a equipa de desenvolvimento Knight Dragon definiram os espaços chaves que eles queriam mostrar”, explica Nick. “O nosso trabalho, num primeiro estágio conceptual, é explorá-los em termos de composição, movimento de câmara, luz e ambiente. Quando exploramos um prédio ou espaço descobrimos que muitas vezes aparecem coisas inesperadas no que toca a termos de composições e ângulos. Mesmo que os clientes pensem que querem a, b, c, o que nós às vezes descobrimos é que x, y, z é melhor ”.



Fazer o trabalho do início ao fim com o 3ds Max, Railclone e V-Ray


Como todos os projetos de Calatrava, o Peninsula Place combina formas orgânicas, quase de configuração esquelética, com delicados elementos com nervuras. Embora esta complexidade possa parecer difícil de modelar e renderizar, Nick e a sua equipa não tiveram muitos problemas. “Existem imensos detalhes intrínsecos, mas há também uma boa quantidade de repetições”, explica ele. “Vamos remodelar o que os arquitetos nos deram, limpá-lo, adicionar alguns detalhes extras e garantir que tudo seja processado corretamente. Usamos muito o RailClone.


Os renders finais, gerados com V-Ray para o 3ds Max , aplicaram brute force e light cache devido à quantidade de objetos em movimento, incluindo carros, autocarros, folhagem e luzes animadas. Nick estava ansioso para obter o equilíbrio de luz certo entre o herói Peninsula Place e o resto da península. E, claro, a maneira como se geriu a cena foi essencial num projeto que vislumbra um pedaço considerável de Londres.





Realidade virtual: preparar o cenário para o futuro

"Atualmente, há uma enorme quantidade de terreno subutilizado no local", diz Nick. “Mas, ao longo de 10 a 20 anos, isso irá mudar fundamentalmente. A Knight Dragon precisava de comunicar todos esses diferentes distritos e elementos da comunidade que serão criados. O nosso desafio era, portanto, como os poderíamos ajudar a fazer isso online sem os vincular a quaisquer projetos específicos neste estágio inicial. "



Para visualizar um distrito inteiro que não existia, a Uniform criou a Paper Peninsula (península de papel). Esta experiência web retira as suas dicas de navegação do Google Earth e é compatível com o Cardboard VR headset da Google. É uma visão lúdica da península, que parece ter sido dobrada de um cartão branco e preenchida com carros animados, árvores poligonais e um ocasional avião 2D.


Nos bastidores, a Uniform usou programação WebGL 3D do three.js com texturas feitas em V-Ray. Dá-nos uma ideia acessível e tangível do futuro do local de uma maneira que os renders tradicionais não conseguem, enquanto o seu visual de modelo base não se compromete com designs específicos.



No meio da experiência encontram-se as três torres de Calatrava, com a sua brancura reluzente e curvas graciosas a fazer parecer que uma nova forma de vida explodiu do chão. É claro que uma aparência de papel e modelos low-poly não seriam suficientes para os renders do Peninsula Place extremamente realísticos da Uniform - mas a Península de Papel deu-lhes uma vantagem inicial.


Entre as visualizações para Upper Riverside e Peninsula Place do Calatrava, e a experiência na web da península de papel, a Uniform conseguiu criar uma visão convincente do futuro brilhante da Península de Greenwich. E eles têm muito mais projetos a chegar, entre lá e outros lugares. "É realmente emocionante trabalhar em projetos globais com arquitetos de renome mundial", diz Nick. "E há muito mais a vir para a Península de Greenwich."



Traduzido por Maria Duarte

Artigo original em inglês

Contacto: hello@vray.pt

Todas as imagens presentes neste site (excepto referentes aos artigos do blog) foram criadas por instrutores ou alunos da Vray.pt e por conseguinte têm os direitos de autor reservados. Qualquer uso das mesmas, seja em formato original ou alterado é proibido. Para obter uma licença de utilização por favor contacte-nos.

© vray.pt 2020. Portugal. Todos os direitos reservados.