UMA ESTREIA MUNDIAL: O MUSEU A+D CONTA A HISTÓRIA DE ARCH VIZ


Desde os primeiros wireframes até às atuais explorações em AR e VR, o museu A+D revela a história da visualização arquitetónica e examina o seu futuro


Wireframes: The Visualization of Architecture foi inaugurada no dia 8 de setembro de 2018, no Museu de Arquitetura e Design A+D situado no centro de Los Angeles. A exibição acompanha a evolução da visualização arquitetónica desde os seus primórdios, explorando os marcos mais significativos até chegar onde estamos hoje. De importância fundamental para a exposição é a tecnologia que revolucionou a forma como os artistas trabalham, com exemplos incríveis que documentam o uso de várias tecnologias desde o início dos anos 80.



A exposição abriu com mais de 600 participantes de Los Angeles e mais além, incluindo alguns dos melhores talentos da Kilograph, DBOX, FloodSlicer, Shimahara e muitos outros estúdios de arch viz reconhecidos mundialmente


O objetivo do Wireframes é contar a história da visualização arquitetônica através das pessoas que a vivenciaram. Com curadoria de especialistas de visualização vindos de Kilograph, Gensler, CGarchitect e Chaos Group em conjunto com o museu A+D, o trabalho exposto incentiva os participantes a explorar a prática que define como vemos as estruturas e o espaço.



Mais de 30 artistas e empresas participam na exposição, incluindo Hayes Davidson, DBOX, Kilograph, Studio amd, Neoscape, Mir, and Luxigon (Fotografia de Hans Koesters)

Sendo a primeira exposição a abordar esse tema relevante, a equipa de curadores trabalhou arduamente para trazer o maior número possível de perspetivas, agarrando e aproveitando toda a história existente dentro do campo. Mais de 30 artistas e empresas fazem parte da exposição, incluindo Hayes Davidson, DBOX, Kilograph, Studio amd, Neoscape, Mir, Luxigon, Alex Roman, bem como o arquiteto e diretor Joseph Kosinski.

Um dos aspetos mais gratificantes da exposição são os painéis de história, cada um criado por um artista ou estúdio de visualização arquitetónica diferente, transmitindo a sua visão em algum assunto especifico que a equipa de curadoria definiu ser uma parte essencial da história da arch viz. Desde o primeiro wireframe até ás explorações em AR e VR de hoje em dia, os painéis de história discutem a evolução do campo, examinam seu impacto no futuro e analisam as origens, inspirações e tecnologias que mudaram o workflow ao longo do caminho.



Muitas das obras de arte em destaque utilizam V-Ray e Corona Renderer, sendo ambas ferramentas padrão da indústria e amplamente utilizadas na visualização arquitetural. (Fotografia de Hans Koesters)

"A história da visualização arquitetónica conta a história da comunicação arquitetónica", disse Anthony Morey, diretor executivo e curador-chefe do Museu A+D. “Desde o primeiro 'wireframe' até futuras atualizações com experiências multi sensoriais, isto é uma forma de arte que continua a influenciar as expectativas públicas sobre ambientes construídos que moldam as suas vidas. À medida que estas imagens entram no âmbito público, elas ampliam a nossa imaginação, impulsionando futuros avanços em ambientes urbanos e na arquitetura. À medida que as práticas de visualização arquitetónica avançam, elas oferecem-nos uma nova forma de liberdade para explorar onde estamos e quais os nossos possíveis futuros”.

Apresentada juntamente com Wireframes no museu A+D está a “Architecture in Perspective”, uma exposição que apresenta os vencedores deste ano da Competição Architecture in Perspective da American Society of Architectural Illustrators. Com um banco de júris internacionais, esta competição celebra as melhores ilustrações arquitetónicas do mundo abrangendo um amplo espetro de médias tradicionais e digitais, e os vencedores incluem Sergei Tchoban, Steelblue, Paul Stevenson Oles e Forbes Massie. O CGarchitect Architectural 3D Awards são também um destaque da exposição como o mais prestigiado evento de premiação na indústria de visualização arquitetónica; Os vencedores do evento incluem os melhores estúdios, freelancers e estudantes de todo o mundo.



Além de terem as suas premiadas obras de arte em exibição no museu A+D em Los Angeles, os vencedores, nomeados e participantes partilharam mais de 436.000$ em prémios através do CGarchitect Architectural 3D Awards. (Fotografia de Hans Koesters)

Wireframes, Architecture in Perspective e CGarchitect Architectural 3D Awards vai estar em exposição e abertas ao público até domingo, 25 de novembro de 2018. Saiba mais em aplusd.org



Uma coleção de grandes painéis de imagens e histórias narradas elaboradas por vários artistas e estúdios, contam a história da visualização arquitetônica no Museu A+D no centro de Los Angeles. (Fotografia de Hans Koesters)

O museu A+D é um lugar de individualidade, criatividade, descoberta e questionamento contínuo. Aberto em janeiro de 2001, é o único museu do país a receber exclusiva e continuamente exposições de arquitetura e design, simpósios, projetos multidisciplinares, programas educacionais e comunitários. O Museu A + D está localizado na 900 E. 4th Street, Los Angeles, CA 90013. Veja o horário de funcionamento em aplusd.org.




Artigo em Inglês

Traduzido por Maria Duarte

Contacto: hello@vray.pt

Todas as imagens presentes neste site (excepto referentes aos artigos do blog) foram criadas por instrutores ou alunos da Vray.pt e por conseguinte têm os direitos de autor reservados. Qualquer uso das mesmas, seja em formato original ou alterado é proibido. Para obter uma licença de utilização por favor contacte-nos.

© vray.pt 2020. Portugal. Todos os direitos reservados.